segunda-feira, 1 de outubro de 2018

KHL - Surpresas e decepções no inicio de temporada



Após 1 mês de competição iremos analisar como foi o inicio da temporada 2018-19 da KHL que promete ser a mais equilibrada dos últimos anos!

Iniciando pelo lado Oeste que diferente do ano passado onde o SKA dominava, este ano a briga pela primeira colocação esta bem acirrada, por enquanto quem está levando vantagem é o Jokerit; o time de Helsinque  possui o melhor ataque da conferência com 43 gols marcados em 11 partidas, Sakari Manninen já foi autor de 6 gols em sua primeira temporada na KHL e vem sendo um dos mais importantes do time ao lado do veterano Sami Lepisto.
Logo atrás do Jokerit vem o CSKA, ao contrario do time finlandês onde o ponto forte tem sido o ataque, no lado dos moscovitas a defesa vem se destacando, o CSKA marcou apenas 26 gols em 11 partidas, mas em compensação sofreu 15 e junto do Avtomobilist tem a melhor defesa da liga, tanto Ilya Sorokin e Lars Johanson tem tido boas atuações no gol, enquanto no ataque Mikhail Grigorenko vem sendo o destaque.
Em terceiro lugar está o SKA, longe da equipe quase imbativel no inicio da temporada passada o time de São Petesburg já sofreu 3 derrotas e apesar de se manter com grande parte do elenco do ano passado a equipe tem oscilado em algumas partidas; Magnus Hellberg tem sido titular no gol da equipe na maioria das partidas, apesar de Igor Shestyorkin possuir números melhores que o sueco; mesmo assim o time ainda é um dos favoritos a brigar pela primeira colocação.

Sem duvidas o time que vem surpreendendo no Oeste é o Dinamo Riga, a equipe da Letônia geralmente não briga por muita coisa; porém o primeiro mês de temporada foi muito positivo, vitórias contra Metallurg e Jokerit colocaram a equipe como candidatos aos playoffs, para isso acontecer os letões vão depender muito de Linus Videll, o Sueco é o lider em pontuação na KHL com 9 e 7 assistências.
Enquanto o Dinamo Riga vem surpreendendo positivamente o Dinamo Moscou tem sido a maior decepção da temporada até agora; o time que conta com Dmitri Kagarlitsky e Vadim Shipachyov possui apenas 3 vitórias em 12 partidas, muito disso se deve ao sistema defensivo da equipe, o time já sofreu 39 gols, o experiente Alexander Yeryomenko não vem tendo boas atuações no gol da equipe, além disso o time tem o pior Penalty Kill da liga; o treinador Vladimir Vorobyov está com a corda no pescoço, se o time não retomar o caminho das vitórias é bem provavel que ele seja demitido neste mês, já são especulados nomes como Oleg Znarok e Peter Skudra para o seu lugar.


Agora vamos para o lado Leste onde temos até então o único time da liga; o Avtomobilist tem tido um inicio de temporada perfeito com 12 vitórias, a chegada de Nigel Dawes e Dan Sexton fez o time evoluir bastante, justos os dois jogadores combinam para 26 pontos na temporada, além disso o time equilibra bem o ataque com a defesa; o goleiro Jakub Kovar tem a menor média de gols tomados da liga; até agora o time de Yekaterinburg vem fazendo uma temporada perfeita e tem tudo para brigar pelo primeiro lugar.
O time que pode disputar de igual com o Avtomobilist pela primeira colocação é o Avangard, a equipe de Omsk possui apenas uma derrota na temporada e é a principal ameaça ao primeiro lugar; com a lesão de Karri Ramo ao inicio da temporada o time parecia que iria ter dificuldades no gol, tendo que contratar ás pressas o veterano Alexey Murygin; porém Ivan Bobkov que tinha chegado ao time para ser reserva vem demonstrado que pode ser titular do time, ao lado de Jakub Kovar ele é um dos melhores goleiros da liga na temporada atual; enquanto isso no ataque o experiente Sergei Shirokov contribui para a equipe com gols.
Na terceira colocação do Leste está o Torpedo, que anteriormente disputava pela conferência o Oeste; sem dúvidas essa mudança foi muito boa para a equipe de Nizhny Novgorod, além disso a chegada de David Nemirovsky ao comando do time trouxe bons resultados a equipe que antes se destacava por um estilo de jogo duro e físico agora tem como destaque seu poder ofensivo com 41 gols na atual temporada tem o 4º melhor ataque da conferência.

Os atuais campeões do Ak Bars não tiveram um começo de temporada muito agradavel, mesmo mantendo grande parte do time campeão a equipe tem se mostrado um pouco instável na defesa, já são 36 gols sofridos ; se a equipe quiser brigar pelas primeiras colocações terá que ajustar seus sistema defensivo nos próximos jogos.

Classificação da KHL após o mês de Setembro:




terça-feira, 21 de agosto de 2018

KHL - Resumo das transferências: Divisão Bobrov



Chegamos ao último de resumo de transferências, hoje vamos falar da divisão Bobrov, que conta com o SKA que sempre traz grandes nomes para a equipe, apesar de algumas perdas o time de São Petesburgo mantém um time forte com a vinda do foward Alexei Kruchinin, que teve uma ótima temporada passada no Traktor, a equipe também reforçou a defesa com Vasily Tokranov campeão com o Ak Bars; além do ataque e da defesa o SKA trouxe o sueco Magnus Hellberg como reposição de Mikko Koskinen que trocou a KHL pela NHL. Outro time que fez movimentações interessantes foi o Spartak trazendo o eslovaco Julius Hudacek que deve assumir a titularidade no gol da equipe, além disso para o ataque chegaram  Nikita Filatov e Ilya Zubov. Mas o time que provavelmente melhor se reforçou na divisão e na KHL foi o Dinamo Moscou, após ficar de fora dos playoffs na temporada passada trazendo nomes de peso como Vadim Shipachyov, Dmitri Kagarlitsky e Miks Indrasis, além disso o defensor Andrei Mironov retorna a equipe após uma passagem frustrante pela NHL; sem dúvidas o Dinamo quer voltar aos playoffs e disputar as primeiras posições na conferência.

Antes de encerrar essa série de postagens sobre as transferências da KHL, lembramos que a temporada regular começa no dia 1º de Setembro com a partida entre Ak Bars Kazan e SKA.

Outras transferências de destaque: Patrik Zackrisson, Miika Koivisto, Yevgeni Mozer e Maxim Afinogenov (Dinamo Moscou); Janis Kalnins e Geoff Platt (Jokerit); Dominik Furch e Zach Boychuk (Severstal Cherepovets); Kaspars Daugavins, Robin Hanzl e Martins Karsums (Spartak Moscow); Yaroslav Dyblenko, Nail Yakupov e Andrei Kuzmenko (SKA)

Abaixo todas as transferências de cada time da divisão de acordo com o site eliteprospects.com

Dinamo Riga:





















Dinamo Moscou:















Jokerit:















Severstal Cherepovets:


















SKA: 





















Spartak Moscou:





















terça-feira, 14 de agosto de 2018

KHL - Resumo das transferências: Divisão Tarasov




Mais um resumo de transferências, hoje falamos da divisão Tarasov, onde tem o CSKA vice campeão da temporada passada, a equipe reforçou seu ataque trazendo o canadense Linden Vey de volta a KHL, na sua primeira temporada na KHL jogando pelo Barys o canadense anotou 52 pontos; outro jogador que chegou para o ataque foi Sergei Tolchinsky  que volta a Rússia após ter poucas chances na NHL; além disso o campeão Olímpico Segei Kalinin (foto) trocou o SKA pelo CSKA aumentando ainda mais o poder ofensivo do time. Outra equipe que se reforçou bem na divisão foi o Lokomotiv Yaroslav a equipe trouxe Stepan Sannikov que deixou o Sibir após 5 anos em busca de um time mais competitivo; um dos problemas do Lokomotiv na temporada passada foi no gol, o experiente Alexei Murygin não repetiu as atuações de temporadas anteriores a equipe resolveu ir ao mercado trazendo Alexander Salak, que de fato também não teve uma boa temporada e chegou a perder o posto de titular no Sibir, mas ainda sim o goleiro possui uma grande reputação na liga e busca voltar a sua boa forma como titular em Yaroslav. E por ultimo outro time que merece destaque é o Sochi, a equipe perdeu Pavel Padakin para o Ak Bars e teve que ir em busca de reforços para o ataque, o jovem Alexander Polunin de 21 anos e que tem bastante potencial, além de Polunin a equipe trouxe o Sueco Robert Rosén campeão da SHL com o Växjö Lakers e para a defesa o francês Yohann Auvitu que jogou pelo Edmonton Oilers na última temporada.

Abaixo todas as transferências de cada time da divisão de acordo com o site eliteprospects.com:

CSKA Moscow:





















Dinamo Minsk:                                                        


















Slovan Bratislava:





















Sochi:





















Lokomotiv Yaroslav: 




















Vityaz:



terça-feira, 7 de agosto de 2018

KHL - Resumo das transferências: Divisão Chernyshev


Hoje vamos falar sobre as transferências da divisão Chernysev, as equipes que mais se destacaram nos reforços na divisão foram Avangard e Salavat Yulaev; a equipe de Omsk quer voltar a brigar pelas primeiras posições da conferência Leste, para isso negociou a volta do experiente Sergei Shirokov que estava no SKA, além de Shirokov quem também retorna a equipe é o goleiro Karri Ramo, o finlandês espera recuperar sua boa forma no time; falando em goleiro o Salavat Yulaev parece ter resolvido seus problemas no gol com a chegada de Juha Metsola, após 3 temporadas defendendo o Amur o goleiro resolveu trocar de equipe na KHL e chega ao time de Ufa com a reputação de ser um dos melhores goleiros da liga. E por fim outra transferência que merece destaque foi a chegada de Andre Petersson ao Barys, após perder Nigel Dawes a equipe do Cazaquistão trouxe o foward sueco que não teve uma boa temporada 2017/18 pelo Avangard, mas espera voltar a ter seus bons desempenhos de temporadas atrás.

Outras transferências de destaque: Julius Junttila, Charles BertrandEnver Lisin - Sibir; Pavel Varfolomeyev, Denis Zernov e Kirill Petrov - Avangard; Ivan Nalimov - Kunlun

Abaixo todas as transferências de cada time da divisão de acordo com o site eliteprospects.com

Admiral Vladivostok:














Amur Khabarovsk:





















Avangard Omsk:





















Barys Astana:













Kunlun Red Star:





















Salavat Yulaev Ufa:





















Sibir Novosibirsk:


quinta-feira, 2 de agosto de 2018

KHL - Resumo das transferências: Divisão Kharlamov







Resultado de imagem para Найджел Доус Автомобилист
Faltando menos de 1 mês para o inicio da temporada 2018/19 KHL vamos atualizar sobre todas as transferências que aconteceram na liga, começando pela divisão Kharlamov que tem os atuais campeões do Ak Bars Kazan; a equipe manteve boa parte dos jogadores vencedores da última temporada e teve como principal reforço Pavel Padakin que fez ótima temporada pelo Sochi. Mas a principal movimentação entre os times da divisão foi do Avtomobilist  que trouxe Nigel Dawes autor de 35 gols e 21 assistências na ultima temporada.  Vale lembrar que o Torpedo Nizhny Novgorod agora também faz parte da divisão Kharlamov após a saida do Ugra da liga.

Outras transferências de destaque: Mikhail Varnakov - Torpedo; Ivan VereshchaginPavel Varfolomeyev - Metallurg; Stephane Da Costa - Avtomobilist

Abaixo todas as transferências de cada time da divisão de acordo com o site eliteprospects.com

Ak Bars Kazan:





















Avtomobilist Yekaterinburg:

























Metallurg Magnitogorsk:


























Neftekhimik Nizhnekamsk:
























Torpedo Nizhny Novgorod:

























Traktor Chelyabinsk


quinta-feira, 26 de abril de 2018

Falando sobre DEL #7: 38 jogos e mais uma vez Red Bull München campeão



Os playoffs na principal liga alemã começaram com o chamado playoff round, a fase onde os quatro piores classificados para a pós-temporada disputam as duas últimas vagas para as quartas de final. As duas séries duraram dois jogos apenas, em uma o Grizzlys Wolfsburg passou com facilidade pelo Schweinner Wild Wings. Na outra, o Fischtown Bremerhaven Pinguins venceu dois jogos com emoção sobre o Iserlohn Roosters.
O Pinguins teve pela frente o Red Bull München nas quartas de final, o time de Bremerhaven fez uma belíssima partida no jogo 1 capturando a vitória em Munique. Com tudo, o Red Bull dominou completamente o Fischtown nos jogos restantes e venceu a série por 4 jogos a 1.
Já o Wolfsburg foi atropelado pelo Eisbären Berlin nos primeiros jogos, se salvou de uma varrida, mas não conseguiu mais do que isso. Eisbären venceu a série em 5 jogos. Na série mais equilibrada das quartas de final, o Thomas Sabo Ice Tigers conseguiu superar o ótimo time do Kölner Haie em 6 jogos, o time de Colônia colocou pressão sobre o Thomas Sabo, mas não conseguiu manter a pressão. Logo após a eliminação, a grande estrela do time anunciou sua aposentadoria: Christian Ehrhoff deixaria os gelos após 18 temporadas como profissional, um título da DEL em 2002-03 pelo Krefeld Pinguine, uma carreira longa na NHL e uma histórica medalha de prata em PyeongChang 2018.
Na última série das quartas, o Adler Mannheim passeou sobre o ERC Ingolstadt em 5 jogos e conseguiu a passagem para as semifinais de modo surpreendente. Não que o Ingolstadt fosse muito favorito para a série, mas o Adler dominou completamente o adversário e isso foi a grande surpresa.
Mas, o Adler Mannheim parou por aí. Nas semifinais o Red Bull München bateu a equipe de Mannheim com facilidade em 5 jogos chegando a mais uma final e com o sonho de um tricampeonato vivo. Na outra semifinal o #2 e o #3 se encontraram, no primeiro jogo o Eisbären passou fácil pelo Thomas Sabo fazendo 5-1. O resto da série foi mais complicada, foram 5 jogos sempre definidos por 1 gol apenas, mas o time de Berlim teve forças para superar o rival de Nuremberg e garantir a passagem para as finais.
De um lado o atual bicampeão da DEL, do outro o time 7 vezes campeão da liga sendo o maior campeão da Alemanha desde a criação da DEL em 1994. Uma final de peso, era o melhor contra o segundo melhor da temporada regular, dois times que disputaram cabeça a cabeça a melhor campanha por quase todos os 52 jogos.
A primeira partida foi muito intensa e emocionante, mas o Eisbären venceu em Munique por 3-4. No jogo seguinte o roteiro não mudou muito, exceto o local que foi Berlim e o placar final, o Red Bull devolveu a derrota em casa fazendo 4-5. No jogo 3 o time de Munique conseguiu folga e fez 4-1 em casa, com menos folga no jogo 4, mas ainda sim o Red Bull fez 2-4 em Berlin e estava com uma mão na taça.
Nenhum time vence uma liga 7 vezes em 9 temporadas atoa, claro que a dinastia do Eisbären Berlin já se encerrou, com tudo a mentalidade continua lá. No jogo 5 enfrentado uma possível derrota na série e na casa do adversário, o Eisbären começou muito bem abrindo 1-3 de vantagem no primeiro período. No final do segundo período os times estavam 2-4, mas o Red Bull foi ao ataque e devolveu o mesmo 3-1 que sofrera no primeiro período empatando tudo em 5-5. A prorrogação não demorou muito, com 1 minuto e 16 segundos Jamie MacQueen deu a vitória para o time de Berlim garantindo o jogo 6.
Terceiro título consecutivo do Red Bull (Foto: Sven Hoppe/dpa)
Na sua casa, o Eisbären se impôs, conseguiu fazer 5-3 em um jogo muito difícil e disputado. A série que estava 3-1 em favor do München agora estava 3-3, tudo culminou em um jogo 7 em Munique. O Red Bull colocou suas forças finais e intensidade para ter sucesso no jogo, o time da casa fez 5-1 em dois períodos ficando muito perto do título. A partir daí o Eisbären tentou o milagre, marcou 2 vezes, mas sofreu o sexto gol no contra ataque, o time de Berlim colocou suas últimas forças tentando evitar o que parecia o destino. Pela frente do ataque de Berlin estava Danny aus den Birken, o goleiro do Red Bull fez 38 defesas na partida e segurou o adversário.
Red Bull München 6-3 Eisbären Berlin no jogo 7, o time de Munique conseguiu o tricampeonato da DEL. A força do Red Bull mais uma vez se impôs sobre os rivais e pelo terceiro ano consecutivo o time pôde se chamar de Deutcher Meister. Jonathan Matsumoto foi o MVP dos playoffs, o canadense de 31 anos fez 8 gols e 6 assistências na pós-temporada, 14 pontos em 17 jogos disputados.
O Red Bull München continua no topo do hóquei alemão e vai ficar ao menos até 2019.

domingo, 22 de abril de 2018

Ak Bars vence a Gagarin Cup 2018


O Ak Bars Kazan fez história neste domingo ao ser a primeira equipe da KHL á vencer três vezes a Gagarin Cup; o treinado do time Zinetula Bilyatedinov também se tornou o primeiro treinador a ser campeão três vezes com uma única equipe, já que Oleg Znarok tem dois títulos com o Dínamo e um com o SKA. Além disso Danis Zaripov conquistou seu 5° título na KHL, o veterano esteve presente nos dois primeiros campeonatos ganhos com o Ak Bars, depois ganhou mais dois com o Metallurg e neste domingo chegou ao seu 5° triunfo na liga.
Os jogadores decisivos para o título da equipe tártara neste domingo foram o goleiro Emil Garipov e o atacante Rob Klinkhammer. Garipov fechou o gol durante todos os ataques do CSKA que pressionou o jogo inteiro, enquanto Klinkhammer marcou o gol que deu o título ao Ak Bars em uma das poucas oportunidas em que a equipe esteve no ataque; Justin Azevedo pode não ter marcado hoje mas ele foi o principal jogador do time nos playoffs marcando 24 pontos em 19 partidas ficando com o título de MVP.

Para o CSKA esta foi a Segunda vez  em três temporadas que a equipe fica com o vice campeonato, com isso a equipe de Moscou segue sem ganhar nenhum título desde a era soviética; enquanto isso o Ak Bars é campeão pela terceira vez em dez anos.

Lances da partida que fechou a série em 4 a 1 para o Ak Bars: